segunda-feira, 17 de novembro de 2014

CRIAR PONTO DE RESTAURAÇAO DO SISTEMA WIN 7

Durante o uso do computador, instalamos e removemos dezenas de programas do sistema operacional. Estas mudanças podem causar falhas e problemas sérios ao Windows, em especial quando lidamos com desenvolvedores ruins e certas aplicações específicas, como antivírus e temas para a Área de Trabalho.
Muitas vezes instalamos o aplicativo e tudo parece correr bem, até que algumas funções passam a apresentar erros e outras simplesmente não funcionam mais. Tudo o que queremos nessa hora é voltar no tempo, o que pode ser feito graças à Restauração do Sistema.
A função também serve como tentativa de solucionar qualquer comportamento diferente que o Windows passe a apresentar, o que pode ser causado por diversos fatores – falhas inexplicadas do sistema, atualizações feitas de modo errado, vírus.
Como funciona
Ao criarmos um ponto de retorno dentro da Restauração do Sistema, fazemos com que o computador memorize todas as configurações inerentes ao funcionamento da máquina, o que em geral acontece no registro do Windows.
Desta forma, temos a segurança de poder voltar atrás quando instalamos um aplicativo danoso à saúde do sistema operacional. Criar um ponto de restauração no Windows 7 é muito fácil e demanda poucos segundos de atenção. Siga os seguintes passos para realizar o processo:
Crie o ponto de restauração
1.    Clique no botão Iniciar e digite “Criar ponto” na lacuna de pesquisa para encontrar a função, como indicado na figura;
2.    Selecione a função “Criar”, localizada na parte inferior da janela;
3.    Digite um nome para identificar o ponto e evitar enganos posteriormente;
4.    Clique em criar e aguarde o término do processo.
Fácil assim, seu primeiro ponto de restauração do sistema está criado! Agora vamos ensiná-lo a reverter situações complicadas que o Windows 7 possa apresentar. O processo é tão fácil quanto o primeiro e em boa parte dos casos gera resultados satisfatórios para os usuários.
Restaure o sistema
1.    Abra novamente o Menu Iniciar e digite “Restauração” para encontrar o processo;
2.    Caso a restauração recomendada não seja a que você criou, marque a seleção “Escolher um outro ponto de restauração”;
3.    Escolha o ponto de sua preferência e clique para avançar;
4.    Salve seus arquivos importantes e somente após ter certeza de que tudo está correto clique em “Concluir” para começar a restauração.
Em alguns casos podem ser necessários diversos minutos para retornar o seuWindows 7 a um ponto anterior no tempo. Para problemas causados por aplicativos instalados e danos feitos ao registro, a tarefa recupera o bom funcionamento do computador na grande maioria dos casos. Se você é usuário dos sistemas Vista e XP, confira os links abaixo e proteja o seu computador de diversos imprevistos!

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Acabando com o mistério do Windows de 64 bitsAcabando com o mistério do Windows de 64 bits

  • Se você está comprando um computador novo, já deve estar cheio de decisões a tomar e ainda nem deve ter pensado se deve comprar uma versão de 32 bits ou de 64 bits do Windows 7.
 
  • Não precisa se preocupar com isso. Para a maioria das pessoas, não há motivo para pensar nisso ao comprar um computador novo. E isso é bom, já que muitas pessoas não entendem a diferença entre um computador executando uma versão de 32 bits ou de 64 bits do Windows, e a versão escolhida na maioria das vezes não faz muita diferença.
 
  • Alguns usuários avançados preferem a versão de 64 bits do Windows. Não há mistério nenhum nisso. Um computador com uma versão de 64 bits do Windows pode usar mais memória - 4 GB (gigabytes) ou mais - do que um computador com uma versão de 32 bits do Windows, que está limitado a algo em torno de 3,5 GB ou menos. (mesmo se o computador vier com 4 GB ou mais de memória instalada, a versão de 32 bits do Windows só pode usar uns 3,5 GB dessa memória).
  • Com mais memória, você pode manter mais arquivos e programas abertos ao mesmo tempo sem diminuir a velocidade do computador. Mas ter mais de 3,5 GB disponíveis geralmente não importa, a não ser que você realmente deixe muitas coisas abertas ao mesmo tempo (vamos falar disso mais tarde).
Imagem de Sistema no painel de controle
Confira em Sistema, no Painel de Controle, se seu computador está executando uma versão de 32 bits ou de 64 bits do Windows.

Diferenças em situações reais X diferenças nas especificações

Como os preços caíram muito nos últimos anos, muitos computadores novos vêm com 4 GB de memória, mesmo os modelos mais baratos. Muitos fabricantes começaram a instalar versões de 64 bits do Windows em seus computadores por padrão para garantir que os consumidores possam usar toda a memória pela qual pagaram. Alguns até vendem todos os seus computadores novos com uma versão de 64 bits do Windows, ainda que seja difícil apontar diferenças entre um computador usando 4 GB e outros usando 3,5 GB de memória.
No uso diário, a maioria das pessoas não nota a diferença entre um computador usando 3 GB de memória e outro usando 6 GB. Então, quem poderia notar a diferença? Bom, se você conhece alguém que deixa dezenas de mensagens de email, dezenas de programas e meia dúzia de outros itens abertos ao mesmo tempo (enquanto reproduz vídeos), você entendeu a situação.
 
Ter mais de 4 GB de memória disponível pode fazer o computador responder melhor caso você goste de deixar tudo em execução ao mesmo tempo e raramente feche alguma coisa.
Os jogadores inveterados de jogos de computador também podem se interessar em executar a versão de 64 bits do Windows. Os jogos são alguns dos programas que mais exigem do hardware de um computador, com seus gráficos ricos, sons e capacidades de interação.
 
A versão de 64 bits dos Windows 7 Ultimate, Enterprise e Professional pode usar até 192 GB de memória (bem mais do que um usuário avançado geralmente precisa), tornando-a ideal para tarefas computacionais especializadas que exijam enormes quantidades de memória, como a renderização de gráficos 3D.
A maior parte do ganho de desempenho em computadores executando uma versão de 64 bits do Windows vem da memória adicional, combinada a um poderoso processador de 64 bits capaz de usar essa memória extra.
 
Mas para a maioria das pessoas que só quer manter uns poucos programas em execução ao mesmo tempo, 4 GB ou mais de memória não oferecem benefícios reais em comparação a um computador com 2 GB de memória e uma versão de 32 bits do Windows.

Observação

  • Os servidores - computadores usados para operar sites ou grandes redes corporativas - podem tirar proveito especial da memória extra. Mas eles têm seu próprio e poderoso sistema operacional - o Windows Server - que também possui versão de 64 bits e pode usar ainda mais memória do que o Windows 7.
 

Processadores de 32 bits X processadores de 64 bits

Do que você precisa para executar uma versão de 64 bits do Windows? Também não tem mistério. Você vai precisar de um computador com processador de 64 bits (também chamado de processador ou CPU x64).
Na maioria das vezes, o nome do processador não deixa claro se ele é de 64 bits ou de 32 bits. Se quiser saber, confira com o fabricante ou com a loja que está vendendo o computador.
 
Se estiver comprando um computador novo com o Windows 7, é provável que ele venha com um processador de 64 bits, mas talvez não com uma versão de 64 bits do Windows 7. Aí é que as coisas ficam um pouco confusas. Computadores com um processador de 64 bits podem executar versões de 32 bits e de 64 bits do Windows sem problemas. Logo, não importa muito qual versão do Windows está instalada na maioria dos computadores com processador de 64 bits - a não ser que você queira usar mais de 3,5 GB de memória.
 
Para descobrir se seu computador pode executar a versão de 64 bits do Windows, baixe e instale o Windows 7 Upgrade Advisor pelo site da Windows 7Upgrade Advisor. Esse programa analisa o computador, cria um relatório dizendo se o computador pode executar o Windows 7 e lista quaisquer problemas de compatibilidade, incluindo se o computador pode executar a versão de 64 bits do Windows 7. Para obter mais informações, consulte Windows de 32 e 64 bits: perguntas frequentes.
 
Obtenha uma versão de 64 bits do Windows com um computador novo.
A atualização para uma versão de 64 bits do Windows não tem mistério. Não é possível atualizar de uma versão de 32 bits do Windows para uma versão de 64 bits. Para instalar a versão de 64 bits do Windows em um computador que já executa a versão de 32 bits, é preciso fazer uma instalação limpa, que formata o disco rígido e apaga todos os seus arquivos e programas.
É por isso que a maioria das pessoas que executam a versão de 64 bits do Windows fazem isso ao comprar um computador novo (se você pretende instalar a versão de 64 bits do Windows em um computador que já executa a versão de 32 bits, faça backup de todos os seus arquivos e informações primeiro. Você também vai ter que reinstalar manualmente seus programas).
E o preço? Os processadores de 64 bits são mais caros do que os processadores de 32 bits? Geralmente não, mas antigamente eles custavam mais caro, e você certamente vai encontrar alguns computadores com processador de 64 bits que custam mais caro. O motivo mais comum para isso costuma ser a memória extra. Se um computador com um processador de 64 bits vem com mais memória, ele deve custar mais do que um computador com um processador de 32 bits com menos memória.
O Windows não pesa no preço, porque as versões de 32 bits e de 64 bits do Windows custam a mesma coisa.

Como saber se a versão do Windows em execução é de 32 bits ou de 64 bits

E se você não estiver comprando um computador novo e quiser saber se seu computador está executando uma versão de 64 bits ou de 32 bits do Windows? Como as duas versões têm visual idêntico, é preciso saber onde procurar. A maneira mais fácil de saber isso é verificar em Sistema, no Painel de Controle.
Para isso, clique no botão Iniciar Imagem do botão Iniciar, clique em Painel de Controle, digite Sistema, na caixa de pesquisa, e clique em Sistema. Em Sistema, ao lado de Tipo de sistema, você verá se o computador está executando um sistema operacional de 32 bits ou de 64 bits.

32 bits X 64 bits: drivers e programas

Para executar um versão de 64 bits do Windows, o computador precisa de um driver de 64 bits para cada hardware instalado no computador ou conectado a ele. Por exemplo, uma impressora que só possua um driver de 32 bits disponível não poderá ser instalada em uma versão de 64 bits do Windows. Mas a boa notícia é que há dezenas de milhares de dispositivos disponíveis hoje em dia com drivers de 64 bits, que o Windows pode localizar e instalar automaticamente.
Para que os fabricantes de hardware conquistem um logotipo "Compatível com Windows 7", o hardware deles precisa ter drivers para as versões de 32 bits e de 64 bits do Windows. Se você vir esse logotipo, não há dúvidas de que o hardware vai funcionar com a versão de 64 bits do Windows.
Ao contrário dos drivers, muitos programas desenvolvidos para computadores executando versões de 32 bits do Windows funcionarão em computadores executando versões de 64 bits do Windows sem problemas (os programas antivírus são uma notável exceção). Porém, a maioria dos programas desenvolvidos especificamente para uma versão de 64 bits do Windows geralmente é executada mais rápido, especialmente se envolver tarefas intensas como a edição de vídeo em alta definição ou a operação de um grande banco de dados.
Para verificar a disponibilidade de drivers e programas de 64 bits online, acesse o novo Centro de Compatibilidade do Windows 7. Isso pode ser útil se você estiver pensando em comprar uma impressora nova, por exemplo, e quiser se certificar de que haja um driver de 64 bits disponível antes de comprar, ou se quiser descobrir se há versões de 64 bits de seus programas favoritos disponíveis.
O Centro de Compatibilidade do Windows Vista também lista a disponibilidade de drivers de 64 bits para milhares de produtos de hardware e diz se há versões de 64 bits disponíveis para milhares de programas.
Há outras coisas a considerar ao instalar hardware e programas em uma versão de 64 bits do Windows. Para mais informações, consulte Noções básicas de hardware e software para as versões de 64 bits do Windows.

Mistério solucionado

Agora que solucionamos o mistério do Windows de 64 bits, você percebeu que a computação de 64 bits nem era tão misteriosa assim. E ela não tem que ser um dilema para a maioria dos usuários de computador.
Tanto se você for proprietário de um computador com processador de 64 bits ou se estiver pensando em comprar um, o truque é escolher a versão certa do Windows para o seu jeito de trabalhar. Na maioria dos casos, não vai fazer diferença se é uma versão de 32 bits ou de 64 bits.

Mais Dicas win 7 tela azul

Windows 7 com melhor desempenho desativando o Winsat




http://legionti.blogspot.com.br/2011/09/windows-7-com-melhor-desempenho.html



Winsat - Windows System Assessment Tool, ou seja, Ferramenta de Avaliação do Sistema.

Esse recurso prejudica muito o sistema principalmente quando está sendo executado algum

programa/game muito pesado, pois ela constantemente faz avaliações de desempenho do PC. Em

outras palavras, inutil. Muita gente estava tendo problema com games, e ao desativar foi resolvido.

Vamos lá, para desativar siga os passos:

1 - Windows + R (Executar) e digite "taskschd.msc" sem aspas e dê Ok.
2 - No menu da esquerda, navegue até Microsoft > Windows > Maintenance.
3 - Do lado direito você logo verá Winsat no topo da página, daí é so clicar com o botão direito em

cima e clicar em Desabilitar/Desativar.

https://www.youtube.com/watch?v=wfeye_hhIwc

Acelerar o Windows7.

O Windows 7 foi projetado para velocidade.

Existem muitos Utilizadores que ainda têm o seu PC antigo. Instalar o Windows 7 sobre eles, por vezes não os torna mais rápido que com o XP e até mesmo com o hardware mais recente instalado, alguns usuários ainda são avarentos para um melhor desempenho. Apesar de não torná-lo 100% mais rápido, podemos optimizar o Windows 7 para a máxima performance possível e apreciar o desempenho máximo que conseguirmos espremer. Então, para todos os amantes de desempenho extra, deixe-me apresentá-lo o guia definitivo de optimização do Windows 7©
Eu garanto que depois de seguir este guia e implementar as recomendações no seu PC, vai realmente obter algum ganho de desempenho.

Requisitos mínimos necessários para executar o Windows 7:
1) 1GHz processador (32- ou 64-bit)
2) 1GB de RAM
3) 16GB de espaço em Disco
4) Suporte gráfico DX9 com 128 MB de memória (para a interface Aero)
5) DVD – R/W drive ou Pen USB

Desativar o tema Aero do Windows 7

1) Clique com o botão direito no seu Desktop e selecione "Personalizar", clique na guia Cor das janelas.
2) Desmarque a caixa que diz "Activar transparência" e depois clique em ” Guardar alterações”.
3) Escolha tema "Windows 7 Basic".
  • "A experiência do ambiente de trabalho Aero, disponível nas edições Home Premium, Professional e Ultimate do Windows 7, combina gráficos atractivos com novas formas úteis de gerir o seu ambiente de trabalho."
    Mas certamente é um devorador de recursos, especialmente quando, o que espera do Windows 7 é mais desempenho.
  • "As características visuais do Aero incluem animações subtis e janelas em vidro translúcido, que pode personalizar."
    É de esperar que a Interface Aero esprema a sua placa de vídeo ao máximo.

Desactivar o recurso de indexação do Windows 7

1) Clique em "Iniciar" Clique com o botão em "Computador" e selecione "Gerir"
2) Clique em "Serviços e Aplicações", na janela "Gestão de Computadores".
3) Clique em "Serviços"
4) Pode ver muitos serviços listados. Procure por "Windows Search"
5) Clique com o botão direito sobre "Windows Search" da lista e selecione "Propriedades".
6) A janela de Propriedades "Windows Search" abrirá. Em "Tipo de arranque", clique no menu drop-down e selecione "Desativado".
7) Clique em "Aplicar" e depois "OK" e já está. O recurso de indexação do Windows 7 está desativado.
  • "O Serviço de Indexação do Windows 7 mantém um registro dos arquivos existentes, para que sejam rapidamente encontrados noutra altura. Este recurso só é útil caso Realize pesquisas frequentes no seu sistema."
    O serviço de indexação do Windows é conhecido por deixar o HD lento durante as fases de Indexação. E como estamos a falar de aumento de desempenho, então recomendo que desative este recurso.

Desactivar o recurso "Controlo de Conta de Utilizador (UAC)" do Windows 7

1) No Painel de Controlo, abra "Contas de Utilizador e Segurança Familiar" > Conta de Utilizador.
2) Clique em "Alterar definições de Controlo de Conta de Utilizador".
3) Agora basta arrastar o controlo para "nunca notificar".
  • "O recurso "Controlo de Conta de Utilizador (UAC)" do Windows 7 é muito desagradável. Ele diz que pode Protejer o computador contra vírus, de atividade prejudicial etc. Mas se for um utilizador diário do seu computador, este recurso sera ser um incômodo completo."
    Desabilitar UAC é somente para Utilizadores avançados. Não recomendo fazê-lo se não o for.

Desativar Efeitos Visuais Desnecessários do Windows 7

1) Clique em "Iniciar" Clique com o botão em "Computador" e selecione "Propriedades".
2) Clique em "Definições Avançadas do Sistema" a partir do painel esquerdo para abrir as "Propriedades do Sistema".
3) Selecione a aba "Avançadas". Em "Desempenho" clique em "Definições".
4) Agora desmarque todas as opções e selecione apenas as últimas quatro opções (na verdade apenas três são necessárias, pode desmarcar a segunda opção das últimas quatro).
1) Clique em "Aplicar" e depois "OK".
  • "Apesar de termos desligado os efeitos Aero do Windows 7 ainda há muitos efeitos visuais indesejáveis que podem ser facilmente desactivados para acelerar o Windows 7 ainda mais."
    Já deve ter reparado num aumento de performance.

Desativar recursos não utilizados do Windows 7

1) No Painel de Controlo, abra "Desinstalar um Programa".
2) Clique em "Activar ou desactivar Funcionalidades do Windows" a partir do painel esquerdo para abrir as "Funcionalidades do Windows".
3) Agora desmarque todas as características que não utiliza no Windows 7.
4) Clique em "OK".
1) Reinicie o sistema para que as alterações tenham efeito.
  • "Algumas funcionalidades do Windows estão agrupadas em pastas, e algumas pastas contêm subpastas com funcionalidades adicionais. Se uma caixa de verificação estiver parcialmente marcada ou estiver escura, isso significa que alguns dos itens dentro da pasta estão activados e outros estão desactivados. Para ver o conteúdo de uma pasta, faça duplo clique na mesma."
    Há muitos recursos do Windows 7 que muitas vezes não utilizamos. A desativação dos recursos não utilizados do Windows 7 reflecte-se no aumento de performance.

Alterar o plano de energia para Máximo Desempenho

1) No Painel de Controlo, abra "Hardware e Som".
2) Clique em "Opções de Energia".
3) Agora Clique onde diz "Mostar esquemas adicionais".
4) Agora é só ativar oplano "Elevado desenpenho" e esta feito.
  • "Os planos de energia são uma colecção de definições de hardware e de sistema, que gere a forma como o computador consome a energia."
    As configurações de energia do Windows 7 não estão automaticamente ajustados para o máximo desempenho. Por padrão, o plano de energia no Windows 7 está pronto para um desempenho equilibrado.

Configure o ReadyBoost do Windows 7

1) Conecte uma Pen USB ou cartão de memória flash ao computador.
2) Vá a "Computador"
3) Agora Clique com o botão direito do rato sobre a Pen USB.
4) Selecione a aba "ReadyBoost".
5) Marque a opção "Usar este dispositivo" na caixa de seleção.
4) É possível configurar quanto espaço pode utilizado como Ram.
  • "O ReadyBoost funciona com a maioria dos dispositivos de armazenamento flash."
    O ReadyBoost pode acelerar o computador, usando espaço de armazenamento na maioria das unidades flash USB e cartões de memória flash.

Software essencial para acelerar o Windows 7

  • "A fim de manter o Desempenho do Windows 7, deixo aqui uma lista de alguns softwares uteis e melhor que tudo "Grátis"."
    Deve executar esses utilitários pelo menos uma vez em por semana. Só assim o seu Windows 7 estará na sua melhor forma todos os dias.

Máis informação útil para acelerar o Windows 7

1) Ajustes do Registry para acelerar o Windows 7.
2) Desativar serviços desnecessários de arranque do Windows 7..
3) Desativar serviços não utilizados do Windows 7.
4) Entre outras optimizações.
  • "Em Breve trarei mais alguma informação util a fim de aumentar o desempenho do Windows 7."
    Se seguiu todos estes passos, certamente, o desempenho do Windows 7 estará muito melhor.

15 dicas para melhorar o desempenho do Windows 7

Se o seu PC ou notebook com Windows 7 está lento,

confira 15 dicas que podem lhe ajudar a acelerar e melhorar o desempenho do Windows 7.

 

1. Desative os efeitos visuais
O Windows 7 tem belos efeitos visuais, entretanto, para produzi-los, o sistema consome muitos recursos. Desativar os efeitos visuais, deixará o Windows 7 um pouco menos atraente, mas em contra partida, haverá uma melhora considerável no desempenho do sistema operacional.
A maneira mais fácil de desativar os efeitos visuais é escolher o tema básico do Windows 7 ou o tema clássico do Windows. Para fazer a troca do tema, clique com o botão direito na área de trabalho > Personalizar e escolha um dos temas mencionados acima.
Você também pode escolher quais efeitos visuais do Windows 7 deseja desativar, faça o seguinte:
  • Pressione a tecla Windows + Pause/Breake.
  • Na janela “Sistema” clique na opção “Configurações avançadas do sistema”.
  • Em “Propriedades do Sistema” clique na aba “Avançado > Configurações”.
  • Em “Opções de Desempenho” selecione as opções que deseja desabilitar e clique em OK.
2. Desinstale os programas que você não utiliza
Quanto mais programas instalados, mais pesado fica o sistema operacional. Portanto, deixe instalado apenas os programas que você realmente usa. Se você instalar algum programa e depois descobrir que não precisa dele, desinstale o imediatamente.
Para desinstalar programas, você pode usar a ferramenta nativa do Windows ou usar programas de terceiros, como o Revo Uninstaler, que desinstala e remove os vestígios deixados pelo programa.
Para desinstalar programas no Windows 7, faça o seguinte:
  • Clique no menu Iniciar > Painel de Controle > Desinstalar um programa.
  • Na janela aberta, clique com o botão direito no programa que deseja desinstalar e clique em“Desinstalar”.
3. Coloque serviços não essenciais no modo manual
Alguns serviços inicializados automaticamente consomem recursos do sistema com funções que não são essenciais para a maioria dos usuários. Estes serviços podem ser colocados em modo manual para melhorar o desempenho do sistema operacional.
Para você saber quais serviços do Windows podem ser desativados de forma segura, leia o artigo: Serviços do Windows 7 que podem ser desativados.
4.Desabilite programas desnecessários da inicialização do sistema
Vários programas que você instala em seu computador são iniciados automaticamente quando o Windows é inicializado. Eles retardam a inicialização e consomem recursos do sistema.
Desabilitando a inicialização automática dos programas que não precisam ser carregados durante a inicialização do Windows, você consegue reduzir o tempo de boot e liberar recursos do sistema.
Para desabilitar programas da inicialização do Windows, faça o seguinte:
  • Clique em Iniciar, digite na caixa de pesquisa “msconfig” e pressione “Enter”
  • Na janela “Configurações do Sistema”, clique na aba “Inicialização de Programas’
  • Desmarque a caixa ao lado dos programas que não são importantes para inicialização.
  • Uma vez desabilitado os programas, clique em Aplicar, OK e reinicie o Windows.
Se você estiver com dúvida de quais programas desativar, use o programa Soluto para identificar quais programa são realmente necessários e quais você pode desativar com segurança.
5. Faça a limpeza de disco
Reduzindo o número de arquivos desnecessários no disco rígido, você libera espaço em disco e torna mais rápida a execução do computador.
A limpeza de disco do Windows remove arquivos temporários, esvazia a lixeira e remove vários arquivos do sistema e outros itens que você não precisa mais.
Para executar a Limpeza de Disco, faça o seguinte:
  • Clique em Iniciar > Todos os programas > Acessórios > Ferramentas do sistema > Limpeza de Disco
  • Na lista Unidades, clique na unidade de disco rígido que você deseja limpar e clique em OK.
  • Marque as caixas de seleção referentes aos tipos de arquivos a serem excluídos e clique em OK.
  • Na mensagem que é exibida, clique em “Excluir arquivos”.
Outra forma de fazer a limpeza de disco no Windows é usar programas de terceiros, como o CCleaner,ACleaner, Glary Utilities, entre outros.
6. Organize seu disco rígido
Ninguém gosta de tirar o lixo, mas isso precisa ser feito. Se você acumular muitos arquivos, músicas, fotos, vídeos e outros arquivos que você baixou da internet, isso vai entupir e retardar o processo de leitura e escrita no disco rígido.
Para lhe ajudar nessa tarefa, você pode usar programas que encontra arquivos duplicados e que analisam o espaço em disco. Confira o artigo: 10 programas gratuitos para você fazer uma faxina no Windows.
7. Execute a desfragmentação de disco
A fragmentação dos dados faz com que o disco rígido tenha um trabalho adicional que pode deixar o computador lento. A desfragmentação de disco reorganiza esses dados fragmentados para que o disco rígido trabalhe de forma mais eficiente.
No Windows 7, o desfragmentador de disco é executado automaticamente por agendamento, mas você também pode desfragmentar discos e unidades manualmente. Para fazer a desfragmentação de disco no Windows 7, faça o seguinte:
  • Clique em Iniciar > Todos os programas > Acessórios > Ferramentas do Sistema > Desfragmentador de disco
  • Em Status atual, selecione o disco que deseja desfragmentar e clique em “Analisar disco” (Para determinar se o disco precisa ser desfragmentado)
  • Se o percentual de fragmentação for acima de 5%, desfragmente o disco analisado.
  • Clique em “Desfragmentar disco” e aguarde o término da desfragmentação.
Você também pode usar programas de terceiros para desfragmentar o disco, entre eles o MyDefrag,PuranDefrag e Smart Defrag.
8. Limpe o registro do Windows
Uma das partes mais importantes do Windows é o registro. Porém, quanto mais você usa seu computador, mais lixo é acumulado nele. A limpeza do registro remove entradas inválidas deixadas pelo sistema e programas desinstalados. Isso evita erros causados por entradas inválidas no registro e melhora o desempenho do sistema operacional.
Para fazer a limpeza do registro, existem muitos programas disponíveis, entre eles o Wise Registry Cleaner,Free Registry Cleaner e Glary Utilities
9. Utilize um antivírus confiável
Usar um antivírus é essencial para manter seu computador livre de vírus que instalam arquivos em seu computador, desabilitam funções do sistema operacional e deixam o computador mais lento.
Certifique-se de ter um bom antivírus instalado em seu computador e execute a verificação completa do sistema pelo menos uma vez por semana. Isso irá garantir que seu sistema não tenha o desempenho afetado por vírus.
Existem várias soluções de antivírus gratuitas, entre elas o Microsoft Security Essentials, Avira Antivir e Avast Home Edition.
10. Remova spywares e outros códigos maliciosos.
Alguns tipos de códigos maliciosos, como spywares, malwares, cavalos de tróia, hijackers e outros, retardam o computador registrando seus hábitos de navegação e enviando as informações para terceiros através da internet.
Baixe um anti-spyware gratuito (SuperAntiSpyware, Malwarebytes Anti-Malware ou Ad0Aware) e execute semanalmente a verificação do sistema para remover spywares e outros programas maliciosos que roubam seus dados e deixam o computador mais lento.
11. Atualize os drivers de hardware e o Windows regularmente
Certifique-se que os drivers para a placa de vídeo, placa mãe e qualquer outro componente de hardware de seu computador estão atualizados. As atualizações de drivers, trazem várias correções e podem resolver problemas de performance e incompatibilidade.
Embora o Windows 7 ofereça atualizações opcionais de drivers via Windows Update, muitas vezes, as versões disponibilizadas não são as mais recentes. Acesse o site dos fabricantes para procurar por drivers mais recentes.
Além disso, mantenha sempre o Windows atualizado, as atualizações do Windows são capazes de evitar e corrigir problemas, aumentar a segurança do computador e melhorar seu desempenho.
Para atualizar o Windows faça o seguinte:
  • Acesse o “Painel de Controle > Sistema e Segurança > Windows Update”.
  • No painel esquerdo, clique em “Procurar atualizações”.
  • Selecione as atualizações que deseja baixar e clique em “Instalar Atualizações”.
Você também pode configurar o Windows para baixar e instalar as atualizações importantes automaticamente. Para isso, faça o seguinte:
  • Na janela do Windows Update, clique na opção “Alterar configurações”.
  • No painel “Atualizações Importantes“, selecione a opção “Instalar atualizações automaticamente” e clique em OK.
12. Ative gravação em cache no dispositivo
A gravação em cache usa a alta velocidade da memória RAM para armazenar temporariamente informações enviadas para o disco rígido até que ele possa armazená-las. Isso permite um alto desempenho na transferência de dados.
Para habilitar a gravação em cache, faça o seguinte:
  • Pressione a tecla Windows + Pause/Breake
  • Na janela aberta, clique na opção “Gerenciador de Dispositivos”
  • No Gerenciador de Dispositivos expanda o item “Unidades de disco”
  • Clique com o botão direito no seu disco rígido e selecione a opção “Propriedades”
  • Na aba “Diretivas” marque as duas opções e clique em OK.
Nota: Existe uma desvantagem em habilitar essas duas opções, se houver uma queda de energia, os dados podem ser perdidos ou corrompidos. Portanto, só use essa opção se você tem uma fonte de energia secundária, ex: PCs com no-break e notebooks com bateria.
13. Troque a opção Desligar pela Hibernar
Você pode economizar alguns segundos valiosos usando a hibernação. Além de ser mais rápida, ela salva a sessão atual e restaura todos os programas, arquivos e janelas abertas quando você liga o computador novamente.
Para hibernar seu computador, acesse o menu Iniciar, clique na seta em frente a opção Desligar e escolha a opção “Hibernar”. Se preferir, você também pode criar um atalho na área de trabalho para agilizar a hibernação.
14. Execute a Solução de Problemas
A solução de Problemas de Desempenho do Windos 7 verifica a existência de problemas que podem diminuir o desempenho do computador e tenta corrigí-los automaticamente para melhorar a velocidade e o desempenho geral do sistema operacional.
Para executá-la, acesse o Painel de Controle > Sistema e Segurança > Encontrar e corrigir problemas > Verificar problemas de desempenho e siga o passo a passo.
15. Adicione mais memória RAM
Se mesmo após realizar as dicas acima, seu computador continua lento, talvez seja hora de investir em um upgrade de memória RAM. Os preços são muito razoáveis e fazer o upgrade da memória RAM é uma boa relação custo-benefício para aumentar a velocidade e eficiência de seu computador.
Determine o tipo de memória RAM que seu computador precisa, veja se existe algum slot vazio e faça o upgrade em sua memória RAM. Para obter informações sobre o hardware de seu computador, você pode usar programas como o Speecy, PC Wizard, WinAudit, LookInMyPC e FreshDiagnose.

Apenda a Como acelerar o Windows 7 de forma fácil

Apenda a Como acelerar o Windows 7 de forma fácil

Quando compramos um computador, notamos a velocidade que ele tem tanto na inicialização como também ao processar as aplicações que usamos no dia dia. A cena vai mudando com o passar do tempo, novos programas são instalados o histórico dos navegadores, arquivos temporários arquivos antigos do windows entradas de registro inválidas e muitas outras coisas, que quando juntas formam um grande amontoado de lixo que deixa o sistema muito, mais muito Lento, para colocar todo o lixo no seu devido lugar é necessário fazer algumas coisinhas que podem fazer toda a diferença no desempenho do seu computador.

Começando

Este artigo será dividido em 7 tópicos
  • Limpeza dos arquivos não usados pelo windows
  • Desinstalando programas desnecessários
  • Limpeza do Registro do Windows
  • Aceleração da inicialização do windows
  • Otimização geral do sistema operacional
  • Removendo barras de ferramentas dos navegadores
  • Organizando todos os arquivos

Limpeza dos arquivos não usados pelo windows

Para  melhorar consideravelmente o desempenho do Windows vamos começar por limpar todos os arquivos que não são necessários, para isso vamos utilizar o CCleaner, este programa tem a função de limpar todos os arquivos que não são usados, ou que não tem nenhuma utilidade para o windows, além de melhorar a inicialização do windows.
Para Baixar o CCleaner Clique #Aqui

Usando o CCleaner

Após ter baixado o CCleaner e ter devidamente instalado o software em seu computador vamos começar o tutorial.
Primeiramente vamos clicar em “Limpeza” e Vamos clicar em “Analisar”
Como Acelerar o Windows 7
Após isso o programa irá fazer uma análise no sistema e exibir quantos arquivos lixo foram encontrados.
Como Acelerar o Windows 7
Após a analise ter sido feita o programa mostra onde foram encontrados os dados e também mostra o tamanho do volume em MB que será removido, para limpar o sistema, clique em Executar Limpeza.
Como Acelerar o Windows 7
Após clicar em executar limpeza o programa irá mostrar um diálogo perguntando se você realmente deseja deletar todos estes arquivos, clique em OK para continuar com o processo.
Como Acelerar o Windows 7
Não se preocupe estes arquivos realmente não servem para nada, simplesmente para atrasar o sistema, por isso não tenha medo.

Desinstalando programas desnecessários

Os programas desnecessários são um dos maiores motivos de lentidão no sistema operacional, por isso precisamos sempre dar uma olhadinha para sabermos se realmente precisamos de tantos programas instalados no computador, caso você não use, você poderá desinstalar estes programas sem utilidade.

Mãos a obra

Ainda usando o CCleaner vamos clicar na aba “Ferramentas”  para listar todos os programas instalados no computador, Caso você não use algum programa nesta lista você poderá desinstalar este programa do sistema, Clicando com o direito e clicando em Executar Desinstalador,  como mostra a imagem abaixo:
Como Acelerar o Windows 7

Limpeza do Registro do Windows

Mesmo limpando os arquivos que não são usados pelo windows e desinstalando programas não usados, ainda assim o windows guarda várias informações no Registro que causam lentidão no sistema. Ainda usando o CCleaner vamos clicar na ABA “Registro” e clicar em procurar erros.
Como Acelerar o Windows 7
O programa irá Escanear o registro do windows a procura de entradas de registro inválidas. Quando o programa acabar de escanear, ele irá exibir várias entradas de registro inválidas, clique em Corrigir selecionados como mostra a imagem abaixo:
Como Acelerar o Windows 7
O programa irá perguntar se você deseja fazer um backup do registro antigo, mais como isso não é tão necessário você pode optar por não fazer o backup. Ao escolher uma das opções uma pequena janela será exibida, clique em “Corrigir todos os erros selecionados”.
Como Acelerar o Windows 7

Aceleração da Inicialização do Windows

Na maioria dos computadores novos a inicialização é uma coisa rápida, mais a coisa muda em um computador com vários programas iniciando automaticamente com o sistema, por isso é necessário desativar estes programas que iniciam automaticamente com o sistema, mais CUIDADO ! Não desative programas como o Antivirus ou os programas para gerenciar os drivers de som e de vídeo.

Começando

Tomando os cuidados acima vamos começar clicando no menu inciar e pesquisando por “Executar”
Como Acelerar o Windows 7
O Windows vai exibir o Executar, abra este aplicativo. Na nova janelinha que abrir digite sem aspas “MSCONFIG.EXE” e tecle enter.
Como Acelerar o Windows 7
Agora com o gerenciador de  configurações do sistema aberto vamos clicar na aba inicialização de programas, para saber quais programas inciam automaticamente com o Windows, para desativar os programas que você não quer que inicie com o Windows apenas DESMARQUE o programa, Lembre-se de não desativar programas relacionados aos drivers de áudio ou vídeo ou o Antivirus de seu computador.
Como Acelerar o Windows 7
Passando para a ABA Serviços Marque a opção “Ocultar os serviços da microsoft” e desmarque os serviços que você não quer que sejam executados, Lembrando novamente dos serviços de driver de áudio e vídeo e o Antivirus, nunca desative-os.
Como Acelerar o Windows 7
Após ter feito as configurações mostradas acima clique em aplicar e clique em OK.
O Windows irá exibir uma pequena janela perguntando se desejamos reiniciar o computador para que as alterações sejam efetuadas, como ainda não terminamos de fazer todos os ajustes necessários, vamos optar por “Sair sem Reiniciar”.
Como Acelerar o Windows 7

  Otimização geral do sistema operacional

Um modo de otimizar todo o sistema é por configurar a memoria virtual do sistema, isso faz com que o sistema operacional rode mais livremente, para isso vamos clicar no menu iniciar, clicando com o direito em “Computador” e escolhendo a opção Propriedades.
Como Acelerar o Windows 7
Após ter clicado em Propriedades, No lado esquerdo da janela que foi aberta, escolha a opção “Configurações avançadas do sistema”
Como Acelerar o Windows 7
Após ter clicado em “Configurações avançadas do sistema” no campo desempenho clique em configurações.
Como Acelerar o Windows 7
Na próxima janela clique em Avançado e no Campo “Memória virtual”  clique em “Alterar”.
Como Acelerar o Windows 7
Na próxima janela desmarque a opção “Gerenciar automaticamente o tamanho do arquivo de paginação de todas as unidades” e marque a opção “Tamanho personalizado” e digite um valor em MB que seja o dobro da sua memoria RAM Física. Ex: se você tem 4 GB de RAM você coloca 8 GB nos campos Tamanho personalizado.
Como Acelerar o Windows 7

 Removendo Barras de Ferramentas

As barras de ferramentas é um caso comum dos usuários, elas são instaladas sem o consentimento do usuário, abre janelas, páginas indesejadas e algumas até podem ser maliciosas.
Para remove-las iremos usar o Toolbar Cleaner, um programa que extermina qualquer barra de ferramenta indesejada em seu navegador.
Você poderá baixa-lo #Aqui
Após ter baixado e instalado o programa corretamente, vamos escolher qual barra de ferramenta desejamos remover e clicamos em “Remove Selected ToolBars” O programa irá remover as barras de ferramentas escolhidas por você.
Como Acelerar o Windows 7

Organizando todos os arquivos e Acelerando o Windows

A medida que vamos colocando arquivos no Disco rígido, estes arquivos vão acumulando ao ponto de fragmentar o disco e dificultar a leitura dos dados, para arrumar os arquivos vamos precisar desfragmentar o disco, Existe vários desfragmentadores na internet, inclusive o Windows possui um desfragmentador por padrão, Mas um desfragmentador que vem se destacando no mercado por desfragmentar e otimizar todo o Disco Rígido é o Auslogics Disk Defrag.
Você poderá baixar este programa clicando #Aqui.
Para desfragmentar o disco de maneira correta vamos fazer algumas configurações para que o programa use 100% do seu potencial, para isso já com o programa instalado clicamos na ABA configurações e clique em “Configurações do programa”
Como Acelerar o Windows 7
Na Próxima janela clicamos na ABA “Algorítimos” e marcamos as opções mostradas na imagem:
Como Acelerar o Windows 7
Após ter configurado o programa, vamos iniciar a desfragmentação dos arquivos. Para isso clicamos em desfragmentar e escolhemos uma opção, logicamente quanto mais arquivos você tiver em seu Disco Rígido, Mais irá demorar a desfragmentação.
Como Acelerar o Windows 7

Concluindo

Após ter executado todas as configurações realizadas acima Reinicie seu computador, Com certeza você terá um ganho significativo de desempenho.

ZARARADIO PORTATIL

===========